quinta-feira, fevereiro 02, 2006

"Pode até existir atleta sem disciplina, mas campeão não existe!"


Nos primeiros encontros que fizemos, tivemos a "nata" da atual geração cearense de nadadores treinando com a gente. Felipe e Igo, do BNB, e Geraldo Yang, do Náutico, estavam entre os candidatos a jogador de Pólo Aquático. Empenhados em melhores marcas na natação, Felipe e Igo tiveram que parar. Yang já estava cansado de "contar ladrilhos", veio pro Pólo Aquático e foi importante para trazer outros nadadores (ou ex), como por exemplo o Jefferson e o Emanuel.

Foi com o Yang que vi o Daniel pela primeira vez na beira da piscina. A apresentação foi algo tipo: "Hélcio, ESSE cara aqui é foda, nada muito!". Vindo do Yang, que nada muito, essa declaração tinha peso. E o Daniel nada demais mesmo, chega a ser irritante. Sua característica mais interessante, no entanto, não é essa. Daniel é fundamental pelo seu compromisso com o esporte, sua preocupação em contribuir por treinos cada vez melhores, sua seriedade e mesmo por sua incontestável gentileza em todos os momentos que deseja trazer alguma de suas críticas, extremamente construtivas.

Pra entender o nível do cara, basta dizer que tem uma placa de bronze em homenagem a ele no Náutico. Não é mole não...


Pólo Ceará - Há quanto tempo você começou a treinar Pólo Aquático? Pela sua dedicação você parece estar gostando...

Daniel - Bem, comecei a treinar em novembro de 2005.Minha idéia inicial, não era fazer parte de uma equipe de competições, mas sim de um esporte onde eu pudesse realizar uma atividade física estimulante e em grupo.Eu realmente fui muito bem recebido pelo pessoal e isso me estimulou a encarar de outra forma esses treinamentos.Ainda não me sinto preparado pra entrar no jogo ,mas a rapaziada é tão motivante que a confiança aumenta a cada dia.Quem sabe?

Pólo Ceará - Você é preparador físico, foi nadador de ponta e hoje é treinador de natação. Pelas suas impressões, qual a diferença do preparo de um nadador pro preparo de um jogador de pólo aquático?
Daniel - Apesar de estar apenas iniciando no pólo aquático minhas primeiras impressões mostram que a principal diferença é a possibilidade na natação de se trabalhar mais especificamente para as provas escolhidas por cada nadador e no pólo a necessidade de um abrangência maior das habilidades físicas visando o equilíbrio do grupo.O nadador de acordo com suas habilidade realiza um treino mais específico para sua prova, incluindo diferenças de distâncias, estilo, trabalhando assim valências físicas bem específicas.O jogador de pólo aquático precisa de valências físicas mais abrangentes para o contexto do jogo, como exemplo: a habilidade de resistência necessária para a duração do jogo e ao mesmo tempo a explosão de deslocamento.

Pólo Ceará - A gente sabe que em Fortaleza não tem espaço adequado nem tempo para treinar. Mesmo assim você acha que dá para o pessoal do Pólo Aquático fazer um condicionamento específico?
Daniel - O mais comprometido é o tempo, ou seja, a falta dele, pois temos muito pouco tempo pra se ter um resultado expressivo em termos de condicionamento, ainda mais específico.Mas eu acho que "isso tem que ser divertido", afinal acho que o mais importante é estar fazendo por prazer, e não estamos pensando à nível olímpico, mas nunca se sabe e para toda longa caminhada tem um começo...

Pólo Ceará - Tem uma placa em sua homenagem no Náutico e a gente percebe dos outros nadadores um respeito muito grande contigo. Quais foram as suas maiores conquistas na natação? Quais os fatores que mais contribuiram para esse êxito?

Daniel - Eu nadei durante 20 anos (dos 8 aos 28) e minha última competição foi em 1999, no Rio de Janeiro(Etapa da Copa do Mundo de Natação).Integrei a Seleção Brasileira por duas vezes, recordista Cearense e Norte Nordeste, Campeão Brasileiro da categoria Sênior por quatro vezes, mas ainda considero que minhas maiores conquistas foram bem diferentes das quais eu citei agora.As amizades que construí, minha formação com ser humano melhor, conhecedor dos meus limites e potenciais, minha auto-estima e segurança como pessoa e minha experiência que contribuem até hoje para a profissão que eu escolhi.

Tudo começa com um SONHO, eu sempre procurava ter claro os meus objetivos, ACREDITAR neles e colocá-los em prática, ou seja TREINAR muito.Outra coisa que sempre cultivei foi o respeito pelos outros, independente do nível em que essas pessoas se encontravam, você tem que ter humildade tanto nas vitórias como nas derrotas.



Pólo Ceará - Já ouvi de umas três pessoas que, além do talento, você se diferenciava pela disciplina. Em pouco tempo de Pólo Aquático, sua seriedade nos treinos já se reflete em rápidos resultados. Por que essa disciplina é um traço comum apenas a uma minoria de atletas? O que falta para a maioria ter o mesmo entusiasmo?

Daniel - A disciplina talvez seja um traço comum na minoria dos atletas por que nem todos são campeões. Pode até existir atleta sem disciplina, mas campeão, não!Não tenho dúvida de que a disciplina é uma característica indispensável pra quem quer conquistar alguma coisa. Eu sei que a minha disciplina sempre foi muito importante nas minhas conquistas como atleta e não foram poucas as vezes em que ela foi decisiva, principalmente nos momentos difíceis da minha carreira. Eu realmente me determinava a cumprir meus treinos por que eu sabia que essa era a única forma de conquistá-los. Nada cai do céu ainda mais quando você tem grandes sonhos.

Pólo Ceará - Você tem marcas para se destacar na natação master. Já tem planos se vai continuar o Pólo aquático ou se vai voltar a se dedicar exclusivamente à natação, como muitos desejam?

Daniel - Eu também desejo voltar um dia a nadar, só ainda não sei quando vou ter o tempo que eu acho necessário pra treinar como eu quero e me sentir bem e preparado pra competir novamente, enquanto isso eu vou aproveitando pra descansar dessa rotina de treinamentos que mantive durante 20 anos.

Pólo Ceará - Além de atleta e preparador físico(Educador Físico), você é muito observador. O que você acha que seria legal para o desenvolvimento do Pólo Aquático feminino e masculino em Fortaleza?

Daniel - O tripé básico pra começar seria: A estrutura, o profissional e o aluno. Sei que seria necessário investir em um número grande de praticante para que as coisas começassem a fluir de uma forma mais consistente ,como o aparecimento de escolinhas, um número maior de locais com estrutura física e profissionais habilitados a realizar o trabalho.Apesar disso acho que estamos começando bem, estamos seguindo um caminho diferente que está dando certo.Temos um grupo de pessoas realmente empenhadas em levantar o pólo aquático cearense, ex-jogadores de pólo, ex-atletas de natação, interessados, pessoas que não só fazem a sua parte mas também contribuem de uma forma direta na formação de uma verdadeira equipe de pólo aquático. Esse primeiro passo já foi dado, mas ainda existe um longo caminho a ser percorrido.

As duas fotos foram tiradas pelo Dirceu.

4 Comments:

Anonymous Alexandre de Paula said...

Grande Campeão !!!
Agora já posso dizer q tenho um AMIGO, Tetra Campeão Brasileiro !!!
Vamos em frente camarada !!!!
Abraços !!!

02 fevereiro, 2006  
Blogger Joy to the World! said...

Demais tio Dan..adorei....foi grande exemplo para a natação cearense! Vamos levar o WP agora!
Bjs

02 fevereiro, 2006  
Anonymous Anônimo said...

Ei, NÃO esqueçam de passar nas Escolas pra convocar/chamar a GURIZADA pra vir jogar, antes q elas façam a opçam por outros esportes, é bom aproveitar o iniciozinho de aulas, pra já começar os TRABALHOS por esse caminho. 1 abço a todos.

02 fevereiro, 2006  
Blogger Conceição Alves said...

Parabéns a toda essa turma que está levando uma iniciativa diferenciada a sério!
O entusiasmo por um esporte pode desenvolver personalidade e fortalecer caráter. E como estamos precisando disso em nossa sociedade!!!
Disciplina é certamente uma carta na manga prá quem quer alcançar objetivos bem definidos.
Parabéns prá vocês, pelo esforço, pelo Blog, pelas articulações!!!
Prá frente, gente!

abrços, Conceição

02 fevereiro, 2006  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home