domingo, abril 16, 2006

Clínica 2


Com a palavra Beto Seabra, capitão da seleção brasileira. Ele analisa esse vídeo acima.

Realmente eu concordo com o Perrone. Eu fiquei com a melhor
parte. Homem a mais é sempre bom né?

O homem a mais pode parecer fácil pra quem não conhece, mas na verdade quando se pega uma boa defesa não é nada fácil conseguir converter um bom percentual de a mais.

Logicamente o mais importante de tudo é ter todos os jogadores sempre preparados para chutar. No início do a mais o jogador da posição dois está livre, ele dá umas duas balançadas mas nem ocupa um espaço a frente, é importante sempre atrair a marcação de um defensor, às vezes é mais importante vc dar uma pernada em direção ao gol com a bola do que ficar balançando ela de longe.

É importante que os jogadores em boa posição caminhem em direção ao gol qdo recebem a bola ao invés de balançarem parados lá atrás O objetivo é conseguir que o defensor saia em sua direção para sobrar alguem numa posição melhor.

Os dois jogadores do pau do gol tem uma função importante. Eu notei que o jogador da posição 5 por duas vezes levantou o braço pedindo a bola, esse jogador ficou parado durante o homem a mais. Nas duas vezes que a bola foi para o lado oposto ele podia ter dado uma pernada pro meio, o que faria com que o marcador que estava nas costas dele tomasse uma decisão: ou deixava ele solto no meio ou ia nas costas dele e abria espaço pro jogador da ponta. Ele, como não deu essa pernadinha pro meio, facilitou a vida do marcador que, apesar de ter tomado o gol, estava
numa posição onde ele podia marcar o pau do gol e colocar bem o braço pro jogador da ponta 4.

É importante que os jogadores do pau do gol sempre se movimentem na direção oposta do jogador que o está marcando. Se o jogador do meio está marcando ele, ele deve subir um pouco em direçao aos jogadores de trás; se for o jogador de trás que estiver na marcação ele deve caminhar para o meio, e se for o de cima q o estiver marcando, ele deve ficar o mais próximo do gol possível.

E relação à defesa, apesar de ter tomado o gol, foi legal ver q por diversas vezes havia 3 jogadores levantando o braço. Logicamente o posicionamento do braço aos poucos tem q ser corrigido. Os jogadores da ponta devem sempre pegar o canto curto, que foi o erro no final da
defesa. Mas a iniciativa de se levantar o braço já é muito positiva.

Os jogadores de cima não podem deixar o jogador balançar muito tb não... Eles levantaram bem o braço, mas devem levantar e ir na direção do atacante. Basicamente hj existem dois tipos de marcação de homem a menos, uma é mais fechada com todos com o braço no alto e sem muito combate, é preciso muita perna e um posicionamento de braço perfeito e é mais usada pelos times grandes, como Sérvia, Croacia e Hungria.

A outra forma é sair mais no combate aos jogadores de fora, como faz a Espanha por exemplo. Os defensores ficam no vai e vem o tempo todo. Mas é preciso rapidez. Os atacantes ficam sem tempo para pensar. Vc expõe um pouco o pau do gol mas por pouco tempo e dificulta a ação dos
grandes chutadores.

Para começar eu acho mais interessante ficar um pouco mais fechado e condiconar os jogadores a levantar o braço de forma eficiente, e aos poucos condicioná-los a combaterem caminhando na perna em direção dos atacantes. A defesa combatendo exige um preparo e uma sincronia maior é bom condicionar o goleiro desde o inicio de nao nadar no gol tb. Mesmo que ele demore um pouco mais para chegar de um canto ao outro.

Grande Beto, obrigado pela atenção. Tenho certeza que as dicas serão úteis para praticantes de Pólo Aquático de todo Brasil.

6 Comments:

Anonymous Alexandre de Paula said...

Essa jogada não foi gol !!!
Gostaria de um esclarescimento !!!
Em um homem a menos, os marcadores das posições 1 e 4, deverão levantar sempre o braço fechando o canto curto ? E o "braço espelho" como fica ?

17 abril, 2006  
Anonymous Anônimo said...

essa jogada foi gol sim....teve um primeiro chute na trave e na sequencia do homem a mais foi gol.
Os jogadores que marcam as pontas do homem a mais sempre devem fechar o canto curto o que nao significa que eles devam levantar o braço mais proximo do canto...deve-se fazer o braço espelho fechando o canto curto.

17 abril, 2006  
Anonymous Perrone said...

O normal é que se dê uma pernada para dentro levantando o braço mais próximo do canto a 45 graus para fechar o canto curto. Se o jogador nao chutar de primeira, entao sim se troca o braço. Se levantar direto o braço espelho, em geral nao dá tempo de fechar o canto.

17 abril, 2006  
Anonymous Alexandre de Paula said...

Não foi gol !!!
Eu estava marcando, quem levantou o braço esquerdo ("espelho ao do chute"), tentando marcar o chute foi eu e posso garantir que a passou por fora do gol !!!
Não entendi o que o anônimo postou. Por favor, explique-se melhor !!!
Um grande abraço !!!

17 abril, 2006  
Anonymous Alexandre de Paula said...

Muito obrigado pela dica Perrone, tentarei pô-la em prática em jogos futuros !!!
Abraços !!!

17 abril, 2006  
Anonymous Satoshi said...

Realmente, Alexandre!! Essa bola aí passou pelo lado mesmo!! Nào foi gol!!

Voltando à discussão, qual braço levantar no caso de o jogador da ponta já receber aberto (nos 3m, por exemplo)?? Com mais angulo?? Faço o mesmo procedimento?? Braço do canto curto e depois espelho??
Qdo ele está nos 2m, concordo plenamente!! Mas, se ele já estiver deslocado, fica fácil tirar o chute da marcação com braço trocado.

Esse tema é bem polêmico no nosso time e seria bom chegarmos a um consenso!

Valeu pelas dicas Perrone!!

17 abril, 2006  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home