quinta-feira, maio 03, 2007

Fúria de titãs

Allemander e Solon em Natal

Estávamos em Natal num barzinho na beira da praia e o assunto, mais uma vez, era a lamentável situação do Polo Aquático brasileiro. Entre outras idéias, que tentarei colocar em prática com a ajuda dos outros blogs (falo em breve), Solon dos Santos soltou uma frase de impacto:

"Nós (Rio Masters) conversamos sobre isso mais de uma hora hoje. Vocês têm que continuar esse trabalho porque, infelizmente, se o Polo Aquático brasileiro ficou como ficou, a culpa é também nossa que estávamos dentro e não fizemos nada".

Eu, pessoalmente, queria dizer ao Solon que ele pode até ter um pouco de razão, mas também se equivoca um pouco. Caras como ele e outros do Rio Masters e de gerações próximas foram inspiração para muitos moleques continuarem se dedicando, mesmo contra tudo e contra todos.

O fato é que tem muita coisa errada além do descaso. O Michel disse em primeira pessoa aqui no blog ter testemunhado os trens da alegria nas viagens, o que muita gente acusava sem se identificar, e tivemos a resposta do Duda afirmando que no período dele de seleção isso era comum também. Agora alguns jogadores da seleção prometem colocar a boca no trombone com outras denúncias depois do Pan, ou seja, ainda tem gente se beneficiando de um esporte que alegam ser falido.

Reproduzi mais uma vez a foto acima porque o blog do Fluminense trouxe um desabafo do Luisinho que mostra como, tendo os canais de expressão, finalmente as pessoas que amam o Polo Aquático enfim então se manifestando. Foi legar ver o Aluísio respondendo logo em seguida também. Luisinho é o terceiro agachado da esquerda pra direita, foi goleiro do Fluminense e seleção por décadas. Não deixe de ler o que ele escreveu.

Aproveitando o momento, amanhã publicaremos um texto do Emir, pai de um atleta do Tijuca, que está propondo que toda essa indignação se transforme num movimento coeso. A proposta é boa. Pegando um gancho na avaliação do Solon, acredito que esse movimento deva contar com a participação de diferentes estados, dos pais, de todos os interessados em ver o esporte crescer, não em fazer política.

PS1 - Hoje o Ricardinho Martins, vice-presidente do Fluminense, ex-jogador do Fluminense e da seleção, e atleta do Rio Masters, vem a Fortaleza conversar com o pessoal. Simplesmente sensacional.

PS2 - Ricardo Perrone deu a dica de colocar todas as propostas pro Polo Aquático no mesmo banco, acessível a todo mundo. Agradeço quem puder dar uma dica sobre como operacionalizar isso.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home