sábado, maio 05, 2007

Tribuna Livre - Luisinho

Luisinho e Marcelinho, duas gerações, dois gigantes no gol

Uma das primeiras menções que me lembro sobre Polo Aquático foi uma matéria nos anos 70 na extinta revista Manchete Esportiva. Eu era louco por futebol e guardava todos os exemplares. Certo dia uma matéria mostrou uns caras de touca numa piscina. Achei aquilo muito legal, embora me parecesse inatingível. Um sujeito ficou marcado porque utilizava touca vermelha e tinha um bigodão enorme. Poucos anos depois fui treinar no Fluminense, muito novo ainda, e vi o tal cara. Era o Luisinho, sempre divertido e acessível a todos. Antes de tudo Luisinho sempre foi um desses apaixonados incondicionais pelo Polo Aquático. Depois do desabafo que fez no Blog do Fluminense, ele mandou a foto abaixo do Egers (Hungria) contra o Pro-Recco (Itália) pra mostrar como as defesas estão se comportando, e o texto abaixo, com sua sugestões pro Polo Aquático brasileiro.

Hélcio
Tudo bem?

Já faz um longo tempo que não nos falamos. Tenho acompanhado o seu trabalho e aproveito para te dar os parabéns pelo BLOG, que acabou por promover a criação de outros BLOGS no país.

Agradeço pela foto e os comentários ao meu artigo.Infelizmente estamos com uma administração que deixa muito a desejar e , a prova disso, foi a bagunça e o descaso com que o esporte, jogadores, técnicos e espectadores foram tratados na Taça Brasil.

Realmente temos que fazer algo. Entendo que primeiro temos que nos reunir e pensar sobre o melhor caminho. Você sabe que todo mundo vai ter idéias, todo mundo vai querer participar mas não é assim que funciona. A idéia do Perrone de começarmos a coletar sugestões me parece um bom início.
De qualquer maneira, temos que ter em mente três pontos:
.oficialmente é praticamente impossível nos desligarmos da CBDA;
.precisamos criar uma espécie de Comitê Executivo, composto de 4 ou 5 pessoas, para nos reunirmos com o Coaracy;
.criar um Plano de médio e longo prazo para desenvolvimento do WP a nível nacional.
Acho que a idéia está no ar e os Masters têm muito a ajudar.
Com relação à foto, ela está no Blog do El Cuervo como uma homenagem ao nosso WP. Ficamos bastante orgulhosos.
Abs:
PS: Infelizmente não pude ir ao torneio mas soube que os velhinhos, Alemander e Robert, me substituíram a altura(rss)
Luis Ricardo da SilvaJa que o Lusinho citou os dois, seguem na foto Allemander, Ronald, Robert, André Cassinelli (ex-goleiro, jogando na linha no Rio Masters) e o Jefferson, jovem treinador dos meninos sub-18.

A Tribuna continua livre para qualquer um, seja da CBDA, federações, jogadores, técnicos, familiares. O legal é sair do clima de divergências, acusações ou lamúrias, pra tentar uma solução positiva e conjunta. O ponto de partida, sem dúvida, é perceber que, como está, não dá mais para continuar.

11 Comments:

Anonymous Sérgio Moraes said...

Excelente idéia do Luisinho. Uma comissão com ele, Perrone, Carlinhos e mais dois nomes importantes da história do WP, seria o ponto de partida. Essas feras do pólo seriam o caminho para a verdade chegar aos ouvidos do presidente da CBDA. E a introdução foi perfeita. O Luisinho além de contribuir para o blog do FLU enviando fotos e textos pra Luiza, ainda ajuda a molecada nos treinos. Já vi várias vezes ele como um verdadeiro treinador de goleiros, mostrando ao Lucas do Infanto ou aos outros que querem escutar os atalhos da posição. E ainda fica no gol para os mais novos treinarem chutes. Sempre bem humorado provaca a garotada dizendo: "Tô aqui desde 1968, e vcs não fazem gol em mim porraaaa". FIGURAÇA!

05 maio, 2007  
Anonymous Luís Fernando said...

Hélcio, desculpe, mas não concordo com o Luisinho nem com o Sérgio Moraes: porque oficialmente é difícil se separar da CBDA? Vocês já analisaram a prestação de contas anual da Lei Agnelo/Piva feita pelo COB? Vocês sabiam que existem diversas confederações esdrúxulas tais como: Confederação de Desportos na Neve, Confederação de Desportos no Gelo, Confederação Brasileira de Orientação e etc. Vamos perder a idéia de sermos atrelados a Natação. Reclamar e depois propor comissão não resolve. Resolve sermos independentes e aí sim estabelecermos metas e aproveitar também a experiência de jogadores de WP. Manter laços com a CBDA só servirá para o que aconteceu na última Taça Brasil se repita nos próximos anos: sempre o Pólo Aquático a reboque da Natação. E o pior: mantendo o mesmo grupo clubístico no poder.

05 maio, 2007  
Anonymous Gu Coutinho, blog polo paineiras said...

Bom amigos. A vontade de ajudar é imensa, quando agente lê o que o Luisinho fala parace certo pois a CBDA já tem os recursos e é filiada a FINA, só que infelizmente esses recursos tem como prioridade a natação e isso já faz tempo e realmente não da mais para aguentar, essa Taça Brasil foi a prova de que nós polo aquatico não valemos nada para a CBDA, o que eles fazem E FALAM QUE É MUITO, mandar as seleções paras os campeonatos mundiais na verdade é o mínimo que eles tem que fazer pois recursos eles tem. Esta idéia de comição é boa mas os cabeças que nunca fizeram nada vão continuar lá. Depois vc lê o Luis Fernando, e da uma vontade loca de chutar o pau da barraca destes que estão ai e partir pra cima, mas eu te pergunto, e os recursos que já esistem, perderemos com essa atitude? Para mudar alguma coisa teremos sim que nos reunir e escolher o primeiro passo. Tentar nos infiltra na CBDA e lutar pelo nosso espaço la dentro que eu acho muito difícil pois assim como esta ta bom pra eles, ou montar algo paralelo mas sabendo que sem recursos não vamos a lugar nenhum. Se tiver algum meio de conseguir recursos e ser ACEITO PELA FINA, eu sou a favor da desvenciliação. Acho que teremos que nos informar com algum bom advogado que conheça estes tramites e dar o passo certo, pois não podemos errar, senão. Um grande abraço Gu.

05 maio, 2007  
Anonymous Gu Coutinho, blog polo paineiras said...

Oi por favor me desculpem o existem com ¨s¨ e a comissão com ¨ç¨que eu mandei. Foi mal, foi a pressa e a mania de não ler antes de publicar. Gu

06 maio, 2007  
Blogger Emir said...

Meus amigos, todos têm um pouco de razão. Desvincular o pólo da CBDA seria o "nirvana", mas temos que ver a parte jurídica da coisa. Nosso primeiro passo é a "famosa" reunião entre todos os segmentos que querem o bem do pólo. A idéia do Luisinho de montar um comitê para reivindicar junto a CBDA é o mais sensato, mas não devemos deixar que os acordos fiquem de "boca", tem que assinar, tem haver comprometimento por escrito. No meu modesto artigo deixei um e-mail para receber as adesões a fim de começar a planejar este encontro e, até agora, nada. Será que realmente as pessoas estão a fim de mudar a atual situação do pólo?

06 maio, 2007  
Anonymous Luís Fernando said...

Emir, o problema jurídico é o de menos. Muito fácil. O problema financeiro GU vou te informar: Confederacoes de Badminton, Hoquei s/Grama e Indoor, Levantamento de Peso, Lutas e Pentatlo Moderno receberam cada uma: R$ 476.000,00 em 2006. alguém sabe onde esta o Balanço da CBDA? tinha que ser publicado até 30/04/2007, enquanto todas as confederações publicaram em jornal de grande circulação, a CBDA só publicou no DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO, alguém quer apostar? Em nome da transparência coloca no seu site. Toda confederação olímpica recebeu no mínimo o valor acima de R$ 476.000,00. Além do que o COB destinou 6 milhões para as seleções permanentes voces sabiam?
Será que os grandes clubes estariam interessados na criação da CBPA? Acho que devemos aproveitar a experiências dos membros do Pólo Aquático que estão na CBDA e aproveitar na CBPA, porque não? Alguém sabe quanto a CBDA gasta com o Pólo Aquático por ano? Dizem R$ 1 milhão será? A libertação é para que todos tenham a transparência e que o Pólo Aquático cresça. Cuidado com a Argentina, já tem LIGA. Lembra-se do Basquete, apanha todo ano do Brasil, agora foi campeão olímpico.

06 maio, 2007  
Anonymous Gu Coutinho,blog polo paineiras said...

Caro Luis Fernando. Eu sou a favor da CBPA desde que ela seja reconhecida pelo COB para também receber os recursos da lei e consequentemente reconhecida pela FINA para poder participar dos campeonatos internacionais. Se isso for possível, eu começo um movimento aqui em São Paulo e tenho certeza de que os clubes paulistas vão adorar, mas tem que ser com respaudo jurídico. Gu.

06 maio, 2007  
Anonymous Luís Fernando said...

GU GOUTINHO, ATÉ QUE ENFIM UMA MANIFESTAÇÃO POSITIVA. SE OS CLUBES DE SÃO PAULO, DESCULPE A SINCERIDADE ESPECIALMENTE O PINHEIROS COMANDAR ESTE MOVIMENTO, A CBPA SAI, CONSEGUINDO O PRIMERIO PASSO QUE É A APROVAÇÃO DO COB, ISTO EU CONCORDO COM VOCE. MAS EU E VOCE SABEMOS QUE O PRIMEIRO PASSO É O POLÍTICO, QUE É APROVAÇAÕ DO COB. SOU SINCERO TENHO MINHAS DÚVIDAS A RESPEITO DOS CLUBES DO RIO. VAMOS CONVERSAR? QUERIA AGREGAR A ESSE MOVIMENTO, OS TECNICOS DE PÓLO, OS DIRIGENTES DO PÓLO DA CBDA QUE TEM EXPERIENCIA E CONTATOS INTERNACIONAIS ENTENDE?

06 maio, 2007  
Anonymous Luisinho said...

Prezados Gu, Luiz Fernado e Emir.
Antes de mais nada agradeço pelo interesse de vcs em mudarmos a cara do WP.
Qdo me referi a ser práticamente impossível nos desligarmos da CBDA, me baseei no fato de que para isso acontecer teremos que mexer com clubes, federações, COB e a própria FINA. Com certeza será um processo longo e estaremos esbarrando em corporativismos. Por isso, acho que o mais importante nesse momento, é criarmos um projeto para desenvolvimento do WP a nível nacional. Já há algum tempo que o Perrone, e agora a Letícia no Blog da Paraíba, comenta sobre a necessidade de termos várias divisões.Com isso poderemos crescer o número de jogadores, aumentar a visibilidade do esporte e, consequentemente, atrairmos patrocinadores.
Já começamos a nos movimentar aqui no Rio. Acredito que em breve teremos novidades.
Abs a todos.
Luisinho

06 maio, 2007  
Anonymous Luisinho said...

Hélcio
Obrigado pelos comentários e pela lembrança da Manchete Esportiva. Tenho esta foto e vou tentar te mandar.
Foi de um jogo no Fluminenese em 1979,entre a Seleção Brasileira e o Spandau , de Berlim. Ganhamos por um gol de diferença.
Abs
Luisinho

06 maio, 2007  
Anonymous Luís Fernando said...

Senhor Luisinho

Concordo com o corporativismo, que tem em todo lugar, especialmente nos próprios clubes. Para iniciar qualquer empreendimento temos que ter o básico: orçamento: receita e despesas. Sendo ligados a CBDA como teremos receita?

06 maio, 2007  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home